Estilos individuais

Na correria das grandes cidades, muitas vezes não há tempo pra conversas ou debates. Nesses momentos, quem dá conta do diálogo é o estilo pessoal. Seja um coturno preto surrado, um cardigã de bolinhas ou um look inteiro rosa-choque, cada peça traz sua mensagem nessa linguagem que é a moda.

Aqui no Foca no Godê, pudemos ter acesso aos looks de mais 30 pessoas, que mesmo estando em um ambiente comum e partilhando de interesses similares, se posicionam no mundo de maneiras singulares com suas roupas. Mas pra que tudo ficasse mais divertido, o “Foca no Godê” pediu pra cada um montar 32 looks diferentes. O primeiro “identidade”, aquele que traduzisse com clareza a individualidade de cada um. O segundo “clássico”, moda atemporal para nossos olhos.

Estilos Pessoais

 

ALANA

Alana Costa

ANA LUIZA

Ana Luiza Laranjo

Beatriz Lourencao

Beatriz Rodrigues

Bheatriz Ramos

Bheatriz Ramos

Bruna Amorin

Bruna Amorin

Carolina Reis

Carolina Reis

ESTILO PESSOAL LARIS

Laris Carvalho

EUGENIA

Eugenia Victorelli

Fernanda Dutra

Fernanda Dutra

Fernanda Genari

Fernanda Genari

FERNANDA TAVARES

Fernanda Tavares

Gabriela Siqueira

Gabriela Siqueira

Isabela

Isabela Prampero

JULIANA MENDES

Juliana Mendes

Karina Martinez

Karina Martinez

Leticia Chernieski

Letícia Chernieski

Leticia Morgan

Letícia Morgan

Luiza Molinario

Luiza Molinaro

Maria Zapparoli

Maria Zapparoli

Mariana Montanarini

Mariana Montanarini

Mirena

Mirena Rossbach

Nayara Bonilha

Nayara Bonilha

Nicholas

Nicholas Germano

Patricia Dominguez

Patrícia Dominguez

Renata Cohen

Renata Cohen

reny

Renato Carvalho

SAMANTA

Samanta Lorena

SOPHIA

Sophia Lupinari

Victor Aquino Terra

Victor Aquino

Vivian ROssi

Vivian Rossi

 

 

Looks Clássicos

 

ALANA

Alana Costa

Bheatriz Ramos

Bhetriz Ramos

Bruna Amorin

Bruna Amorin

Camila Morgan

Camila Morgado

Carol reis

Carolina Reis

CLASSICO ANA

Ana Luiza Laranjo

CLASSICO EUGENIA

Eugenia Victorelli

CLAssico fernanda dutra

Fernanda Dutra

CLASSICO LARIS

Laris Carvalho

clássico

Fernanda Tavares

Fernanda Genari

Fernanda Genari

Gabriela Siqueira

Gabriela Siqueira

Isabela

Isabela Prampero

Juliana Mendes

Juliana Mendes

Karina Martinez

Karina Martinez

Leticia Chermienski

Letícia Chernieski

Luiza Molinario

Luiza Molinaro

Maria Zapparoli2

Maria Zapparoli

Mariana Montanarini

Mariana Montanarini

Mirena

Mirena Rossbach

Nayara Bonilha

Nayara Bonilha

Nicholas

Nicholas Germano

Patricia Dominguez

Patrícia Dominguez

Renata Cohen

Renata Cohen

Renato Carvalho

Renato Carvalho

Sophia

Sophia Lupinari

Victor Aquino

Victor Aquino

Vivian Rossi

Vivian Rossi

Cidade Tátil

por Camilla Morgado Fernandes, Juliana Gonzaga Mendes, Karina Martinez da Silva e Renata Aizentein Cohen.

Revista:

Carta Editorial:

Todos os dias tocamos, nos outros e em nós mesmos, nos objetos mais curiosos e nos mais comuns, sem nos darmos conta do que podemos descobrir se dedicarmos uma parte do nosso tempo à prestar atenção nas diferentes sensações que nos são oferecidas diariamente.

Temos como filosofia, ser mais do que tocar, mas sentir. Sentir o outro, sentir a si mesmo, cada toque, apreciar as sensações, fazer com que as boas nos pertençam, e as ruins nos sirvam como experiência. Observar e perceber a energia que se pode obter ao se dar conta do que está ao seu redor, te tocando.

CAMILA MORGADO

camimorg
Look
TATIL1
Look internet

RENATA COHEN

DIVAAAA
Look
oui
Look internet

 KARINA MARTINEZ

karin
Look
Look internet

JULIANA MENDES

julimend
Look

LOOK DE RUA

Tatilca

Cidade Social

por Alana Vitória Costa Guimarães, Bheatriz dos Santos Ramos, Isabela Prampero e Letícia Chernieski.

Revista: Paradoxo.

Carta editorial:

A ideia de lidar com o tema “cidade social” pode ser muito abrangente, e de fato é. Ao definirmos a temática da revista pensamos, primeiramente, no que não queríamos,que era cair no clichê. No clichê de abordar apenas os lados negativos da cidade cinza, mas mostrar seus contrastes gigantes e sua multipolaridade ao longo do cotidiano.

Nossa revista explora a diversidade comportamental do paulistano e sua maneira peculiar e única de adaptar-se aessas diferentes facetas da cidade, o que acaba dando a São Paulo sua imagem tão singular.

Ao mesmo tempo em que a superlotação dos espaços seja evidente, é perceptível o quão sozinhos estamos em meio à multidão. E foi baseado nessa observação, que criamos o editorial de moda desta edição. Mas apesar da solidão do paulistano já ser um tema conhecido pelos brasileiros, existe o lado coletivo e colaborativo pouco explorado pelos próprios moradores da cidade, onde diversas ONGs e associações unem pessoas por uma causa.

Com isso, damos ao leitor a oportunidade de ver e refletir junto conosco sobre algumas questões sociais tão presentes em nossa cidade, mas muitas vezes ignoradas.

 

ALANA COSTA

ALANA

 Look


alana Look Internet

 

alana

Look de rua

BHEATRIZ RAMOS

BHIA

      Look

BHIA2

Look internet

BHIA

Look de rua

 ISABELA PRAMPERO

ISA

Look

ISA

Look internet

ISA

Look de rua

LETÍCIA CHERNIESKI

LET

Look


LET

Look internet

Cidade Exótica

Por Beatriz Rodrigues Lourenção, Fernanda Alzira Pupin Genari, Maria Luiza Pinheiro Zapparoli e Victor Andrei Casimiro Belchior.

Revista: obliviON

Carta Editorial

Uma cidade pode ser dividida de diversas formas. Podemos separa-las por regiões norte, sul, leste e oeste, bairros e ruas, sendo que também podem ser divididas em grupos sociais, religiosos, por preferencias sexuais e até gostos musicais. Dentro de cada divisão sempre haverá a grande maioria, os que são aceitos pela sociedade e os que sofrem discriminações, e são vitimas de preconceitos além de grupos desconhecidos, que muitos nem sabem de sua existencia.

O esteriotipo de cada um desses grupos é o que todos de fora conhecem e julgam ser real, e não percebem o exotico que cada um possui. As caracteristicas que diferem e tornam especial cada um deles, isso é o exotico dentro da cidade. A forma de se portar, vestir e agir que são unicas e diferentes do senso comum.

Looks Inspirados em Cidade Exótica

FERNANDA GENARI

FER

Look

130417-9495 - Japanese street fashion in Shibuya, TokyoLook internet

2-Look-das-Ruas-Avenida-Paulista-Blog-da-Ines-Junqueira

Look de rua

MARIA LUIZA ZAPPAROLI

inspirado em cidade exotica

Look

bia

Look internet

4-Look-das-Ruas-Avenida-Paulista-Blog-da-Ines-Junqueira

Look de rua

BEATRIZ LOURENÇÃO

10743597_10203050700044340_1127956235_n

Look

miley-cyrus

Look internet

sssp-jamaica

Look de rua

 

STREET STYLE

MAKING OFF

DSC_0287DSCN3794

DSCN3790DSC_0339

DSC_0267Cópia de DSCN3772

Cidade Textual

Por Ana Luiza Laranjo Stefani, Eugenia Junqueira Victorelli, Larissa Abreu Carvalho e Samanta Lorena Stringli

Revista: CODE

Carta Editorial

Texto de Eugenia Junqueira Victorelli

 

Um novo conceito de publicação, a CODE, chega como uma proposta de inovação no universo das revistas. Com um conceito que mistura variedades com produções artísticas, visa abranger o público que se interessa pelas artes, sejam profissionais, estudantes, ou apenas amantes do gênero.

De inspiração na palavra inglesa code a qual traduzida para o português significa código, que por sua vez se traduz como um conjunto de signos usados na transmissão e receptação de mensagens, tal qual a oral, a escrita e o verbal, a revista tem por foco demonstrar as interações entre comunicação, artes e comportamento.

Nesta primeira edição foi adotado como tema central o conceito textual na cidade de São Paulo. A aplicação textual observada tanto no significado semântico da palavra, quanto no sentido etimológico.

Assim, a proposta é uma viagem nas intervenções urbanas e artísticas, que engrandecem a metrópole paulistana, em suas mais variáveis vertentes e com foco na escrita.

Ainda, nesta edição de estréia a revista também viajará no universo da leitura, mostrando os bastidores de um dos mais famosos eventos da cidade, a Bienal Internacional do Livro, relatando os acontecimentos e celebridades literárias que por lá estiveram.

Na parte visual, convidamos o leitor a se deleitar com um editorial de moda no estilo high-low, mesclando peças de sportwear com clássicos do vestuário, tal qual o famoso casaco preto inspirado em Chanel.

As roupas de rua também serão expostas neste exemplar, definindo como as pessoas se comportam no vestuário urbano diário, mostrando a influência de tendências e as criações de estilos próprios.

Ainda, será mostrada toda a estética dos escritos nos grafites urbanos, tão corriqueiros na cidade, desde os estilos livres às artes propriamente ditas.

E por fim, como não poderia faltar se tratando de São Paulo, epicentro brasileiro, cidade mutante, também será abordada a política, sob forma de protesto e cidadania, chamando os leitores a exercitarem sua consciência.

Portanto, apertem os cintos e “boa viagem”!!!

 

 ANA LUIZA LARANJO

HIGH LOW EDITORIAL ANA

Look

EUGENIA VICTORELLI

HIGH LOW EDITORIAL EUGENIA

Look

LARISSA CARVALHO

HIGH LOW EDITORIAL LARIS

Look

SAMANTHA LORENA

HIGH LOW EDITORIAL SAM

LOOK INTERNET

ANA

eug

LOOK DE RUA

ANAL EUGENIA laris laris2 lairs4 laris3

MAKING OFF

DSCN0347 DSCN0353 DSCN0360 DSCN0371

Cidade Sonora

por Carolina Reis, Mirena Rossbach, Patricia Dominguez e Victor Aquino Terra

Revista: TIMBRE

Carta Editorial texto por Patricia Dominguez

Em sua primeira edição a Timbre apresenta uma nova visão de cidade sonora, para que você possa enxergar a cidade com novos ouvidos. São Paulo é conhecida pelos seus muitos ruídos, mas por que não se inspirar neles? Porque não transformar os problemas da cidade em solução? Não acreditamos em um único olhar, em um único um meio de se realizar. Não acreditamos que existe apenas uma possibilidade, principalmente em uma cidade que tem em seu DNA o contraste e o movimento.

Contraste. A cidade por si só é cheias de contrastes, em paisagem, sons e pessoas. Quantas vezes encontramos em meio ao cinza uma árvore resistindo a pressão do concreto e colorindo suas folhas? Apresentamos o MARACATU como essa árvore que resiste.

Quantas vezes atravessamos o caos da Pedro Alvares Cabral para encontrar o silêncio do parque Ibirapuera? Apresentamos o DESAMPA como essa transformação do caos sonoro em respiro aos ouvidos.

Quantas vezes você se perdeu em si mesmo por conta da pressão exercida pela cidade e ao colocar seus fones de ouvido se conectou com sua verdadeira essência? E teve a liberdade se ser quem você realmente é. Apresentamos o editorial OS FONES DE OUVIDO CAÍRAM como essa válvula de escape.

Quantas vezes por um minuto nos perdemos nas luzes da cidade a noite? Em um mistura perfeita de cores e sons. Apresentamos SINESTESIA que nos explica essa relação tão próxima que passa despercebida.

Quantas vezes a rotina da metrópole nos cega limitando nossa percepção para enxergar além do que nosso olhar é capaz? Apresentamos o editorial Corpos Sonoros.

E assim como São Paulo uma música é feita pelos contrastes de suas propriedades.

Movimento.  A dinâmica paulistana funciona, assim como as ondas sonoras, de forma propagativa. Em um fluxo alucinado de idas e vindas que pulsam dando o ritmo da cidade.

Essa edição não seria possível sem a paciência do estudante de música, Marcel Enderle, em nos transmitir seus conhecimentos. O professor e engenheiro do som, Gilberto de Assis que descomplicou um assunto tão técnico. O artista DESAMPA, que apesar da sua distancia geográfica nos conectou com seu universo, com tanta empatia. E a todas as cores, pessoas e sons que nos trouxeram até aqui.

 

CAROLINA REIS

carol

Look

CAROL

Look internet

CAROL

Look de rua

PATRICIA DOMINGUEZ

PAT

Look

(Patricia Dominguez – O contraste das aparências, assim como no editorial os Fones de Ouvido Caíram)

PAT

Look de rua

pat

Look internet

VICTOR AQUINO

VIC

Look

VICTOR

Look internet

VICTOR

Look de rua

MAKING OFF

k

o

Cidade Tradicional

Por Fernanda Dutra Sousa, Fernanda Tavares Reis, Nayara Bonilha de Araujo e Renato Carvalho Araujo Júnior. (Vivian Rossi)

Revista: Dejavú

CARTA EDITORIAL

A dejavú de estreia traz na sua primeira edição, uma coletânea de visões sobre as tradições paulistas, matérias sobre tradição em uma versão mais “pop”, abordando a tradição sob um viés artístico e com um perfil mais familiar, trazendo informação, cultura e interesses para a geração mais volúvel da história paulista.

A primeira edição da revista quer traçar um panorama das tradições que se manifestam através das famílias em SP, explicado pela cultura, pelo design, pela arte e pelos costumes.

 

FERNANDA DUTRA

dutra

Look

Look tradicional, brincando com as cores, para não cair no entediante, o salto se mantém no preto comum, a bolsa carteiro preta traz também um retrô pop ao look.

DUTRA

Look internet

Street mais clássico impossível.

Num conceito total white, o conforto e as modelagens sport e street são mantidas, o recorte na barra do vestido da toda a introdução que o tênis pede, trazendo numa versão difícil e minimalista todo o street confortável que o dia-a-dia pede, claro, jamais deixando a elegância de lado.

DUTRA

Look de rua

Look, com bases tradicionais, como a camisa com modelagem conservadora e o sapato, que de acordo com o fotografado, foi feito por um sapateiro que nunca produz um sapato duas vezes, a bermuda deu a quebra na seriedade do look, além do piercing que traz toda uma informalidade a produção.

FERNANDA TAVAREZ

tavarez

Look

Tradição: Muitos trabalhos hoje em dia não utilizam uniforme, porém tradicionalmente o look social é usado para reuniões e eventos mais formais. Esse código de vestimenta é utilizado para representar a formalidade da ocasião e a seriedade, e quando usado por mulheres as confere um ar de poder, podendo representar a autoridade dela em um local de trabalho.

tavrez

Look internet

(O vestido de noiva é usado tradicionalmente para a cerimônia de casamento.  A cor mais usada é o branco em modelagens variadas entre curtos e longos. O seu uso é uma tradição difundida há anos, e, embora muitas noivas ousem mudar, ele é predominante até os dias de hoje.

tavarez

Look de rua

(Roupa tradicional cigana, tirada por Fernanda Reis)

NAYARA BONILHA

NAY

Look

NY

Look internet

A escolha da foto foi devido a releitura do kimono japonês tão tradicional para os dias de hoje.

ay

Look de rua

(Foto tirada por Nayara Bonilha em MS)

RENATO CARVALHO

rento

Look

RENATO

Look de rua

RENATO

Look internet

VIVIAN ROSSI

VIVIAN

Foto tirada no Evento Revelando São Paulo, índios do Interior do Trabalho do Estado. ( POR Vivian Rossi)

Tradicionalismo Indígena: a cultura indígena no Brasil é tradicional para o nosso país, mesmo hoje em dia tendo poucas tribos, e muitas delas terem sofrido interferência por causa da aproximação com o homem branco, causando então uma mudança na indumentária indígena.

Na foto em que tirei pode-se notar essa interferência no modo em que eles se vestem, pois não estão nus, e sim com short, biquíni e por causa do frio um casaco de moletom. Mesmo assim ainda existem características da sua cultura como a pintura corporal, acessórios feitos de penas, sementes e às vezes dentes de animais, o cocar, e um saiote ou tanga para cobrir o sexo feito de entrecasca de árvores, mas também pode ser de penas, folhas, sementes ou  até mesmo de miçangas.

Existe também a tradição de andar descalço, mas como eu disse anteriormente, a interferência com outros povos, fez com que muitos passassem a usar calçados.

VIVIAN

Foto tirada da Internet no site http://garfoebombacha.blogspot.com.br/2010/09/cultura-pilcha.html; Churrascaria Garfo e bombacha onde ocorre esse show com música e dança tradicional Gaúcha. ( POR Vivian Rossi)

Traje masculino: Usada pelos pobres na Guerra do Paraguai a bombacha surgiu com os Turcos.  O lenço do pescoço com as cores branco e vermelho são as mais tradicionais.

O chapéu é de copa baixa, botas pretas ou marrons, colete, camisa, e guaiaca.

Traje Feminino: vestido preferencialmente, de uma peça, com barra da saia no peito do pé, passa-fitas, apliques, babados e rendas não tem quantidades certa, o tecido estampado ou liso, sendo facultado o uso de tecidos sintéticos com estamparia miúda ou “petit-pois”.

Uso de Bombachinha que deve atingir a altura do joelho, meias longas, sapato com salto baixo que abotoe do lado de fora, por uma tira que passa sobre o peito do pé.

Cabelo solto ou com trança com enfeites como flores e fitas.

 

 

 MAKING OFF

A

JAKKS

JKD

LKJSLKDJAS